Mitos e lendas sobre as extensões de pestanas

Muitas perguntas e dúvidas, sobre extensões de pestanas, chegam constantemente ao nosso email. Queremos esclarecer aqui as questões principais mais recorrentes.

Mitos e lendas sobre as extensões de pestanas

Reações alérgicas às extensões de pestanas

Uma percentagem mínima de clientes resulta serem alérgicas às extensões de pestanas. Na realidade, são alérgicas á cola e não às extensões. Pode provocar um pouco de inchaço e comichão enquanto são colocadas ou passadas algumas horas de colocadas. Temos que ter em conta que a sensibilidade, a comichão e a irritação podem ser originadas por diversos fatores e em diferentes situações. Por exemplo: em manicures (pelo verniz), em limpezas faciais (por algum creme), em tratamentos capilares (por alguma tinta ou mesmo champô), etc.

Com isto, queremos esclarecer que existem muitas substâncias naturais, e outras químicas às quais podemos comumente ser alérgicos. Uma reação alérgica ocorre quando o nosso corpo deteta um corpo ou substância estranha e identifica-o como perigoso.

O mais importante é que a cola NUNCA deve tocar na pele. É muito estranho que os vapores da cola possam produzir uma reação alérgica, o que pode acontecer é que esta reação seja causada por qualquer outra substância que esteja em contato com a pele, como por exemplo, as compressas, o primer ou a fita. Isto acontece porque a pele sob os nossos olhos é a pele mais fina de todo o nosso corpo.

As pausas, são necessárias?

Esta é uma das questões mais comum neste sector. As pessoas consideram que após 3 preenchimentos devem fazer uma pausa e aplicar algum tipo de soro para renovar a pestana.

Mas, porquê? Uma aplicação incorreta das extensões de pestanas pode causar a queda prematura da pestana natural, mas uma aplicação correta não danifica em nada as pestanas naturais.

Rotinas desagradáveis para as nossas pestanas

  • Utilizar o frisador de pestanas diariamente: pressionamos constantemente a pestana e ao soltar o frisador, muitas vezes, puxamos alguma pestana que não estava na fase da queda (Telógena), por isso é gerada alguma calvície.
  • Demasiadas camadas de rímel: acreditamos que, aplicando muitas camadas de rímel, as nossas pestanas parecerão mais longas e grossas, mas a longo prazo provoca o efeito contrário. Ao formar as camadas de rímel, a pestana que está em crescimento não pode crescer numa boa direção.
  • Não remover a maquilhagem: desmaquilhar-se é muito importante, no final do dia devemos remover toda a maquilhagem remanescente nas nossas pestanas. Isto ajudar-nos-á muito, uma vez que, desta forma, o folículo da pestana estará limpo e saudável por muito mais tempo. Deixar o rímel de pestanas durante a noite e não se desmaquilhar pode afetar o ciclo de vida das nossas pestanas.

A aplicação correta das nossas pestanas

As extensões de pestanas deveriam ter uma união única com as pestanas naturais (neste artigo, dissemos-lhe como obter uma união perfeita entre as pestanas naturais e as extensões de pestanas) para que o seu ciclo fosse normal e saudável. A vida natural da pestana, passando pelas três fases (anágena, catágena e telógena) é entre 60 e 75 dias.

Esta informação ajuda-nos a compreender (e fazer compreender as nossas clientes) que as pestanas se renovam. É normal perder entre 1 e 3 pestanas por dia, mas eventualmente existem dias que não perdemos nenhuma e outros dias que perdemos 4. Isto acontece independentemente de termos ou não extensões de pestanas.

É importante colocar sempre um comprimento e espessura adequados à pestana natural, por forma a que a extensão não a puxe.

Se você diz à sua cliente que necessita de fazer uma pausa é porque…

  • Lhe colocou umas extensões demasiado espessas ou demasiado longas para as suas pestanas e estas estão a impedir o ciclo de crescimento da pestana natural. Isto pode originar alopecia ou distúrbio no folículo piloso.
  • Está a separar as pestanas naturais erradamente e, ao colocar a extensão une-se a mais do que uma pestana. Como as pestanas às quais a extensão foi unida têm idades distintas, uma cairá primeiro que as outras, fazendo com que a pestana que permanece suporte o peso da extensão bem como o da pestana caída. Isto causará uma queda prematura da pestana natural.
  • Está a fazer um volume com leques demasiado grandes e pesados para as pestanas em causa, pelo qual (voltando à primeira opção), não é um peso adequado para aquelas pestanas e vai cair mais cedo do que o necessário.

Na Seena Owell temos uma grande variedade de comprimentos, curvaturas e espessuras para que você possa prestar um serviço adequado a cada cliente e, sobretudo, saudável.

Infeções oculares causadas por extensões de pestanas

É muito comum ver fotos na internet sobre infeções oculares produzidas quando uma pessoa está a usar extensões de pestanas, mas existe informação que devemos ter conhecimento em primeiro lugar.

Você deve explicar à cliente que a água não é inimiga das extensões. Que deve lavá-las e escová-las diariamente para as manter limpas. Estes procedimentos não fazem as extensões caírem, pelo contrário, duram mais. Podemos encontrar inúmeros produtos de limpeza de pestanas no mercado, mas os mais populares hoje em dia são as espumas de limpeza.

É necessário remover todas as substâncias oleosas da nossa pele, quer seja maquilhagem, rímel ou até mesmo a própria gordura da nossa pele para manter a união entre a extensão e a pestana num estado perfeito.

É por estes motivos que temos que fazer com que as nossas clientes sejam responsáveis pela limpeza das pestanas e explicar-lhes como podem, elas mesmo, em apenas 5 minutos manter uma aparência espetacular.

Se considerou útil, incentive-se a partilhar ou a comentar o artigo!

Deixe um comentário

*